Hiperbárica Natal

Pessoas expostas a grandes incêndios respiram uma atmosfera tóxica contendo fumaça, monóxido de carbono e gases decorrentes da queima de plástico e outros materiais, ou seja, cianeto e derivados cianídricos.

Estas substâncias provocam irritação pulmonar direta (fumaça) ou ligação estável com a hemoglobina (monóxido de carbono e cianeto), dificultando o transporte de oxigênio pelo corpo.

O paciente apresenta quadro grave geral com náusea, vômitos, mal estar geral, dificuldade para respirar, instabilidade cardiovascular, convulsões, rebaixamento do nível de consciência, dentre outros sinais e sintomas.

Caso sobreviva, poderá apresentar sequelas neurológicas desabilitantes e/ou irreversíveis devido ao dano aos neurônios.

A oxigenoterapia hiperbárica é uma tratamento útil nestes casos com diversos estudos mostrando melhora mais rápida e com menos sequelas após a alta, por conseguir deslocar os gases ligados a hemoglobina e restaurar a respiração aeróbica.